Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *
Captcha *
Reload Captcha

Partições de disco rígido baseado em BIOS/MBR

 

Crie layouts de partição personalizados para suas HDDs (unidades de disco rígido), SSDs (unidades de estado sólido) e outras unidades ao implantar o Windows em dispositivos baseados em BIOS.

Observação  Se estiver usando um layout de partição personalizado no Windows 10 para edições de área de trabalho (Home, Pro, Enterprise e Education), atualize o script de recuperação rápida para que as ferramentas de recuperação possam recriar o layout de partição personalizado quando necessário.
 

Neste tópico:

Regras de partição de unidade

Ao implantar o Windows em um dispositivo baseado em BIOS, você deve formatar os discos rígidos usando um sistema de arquivos MBR. O Windows não permite o sistema de arquivos GPT (tabela de partição GUID) em computadores baseados em BIOS.

Uma unidade MBR pode ter até quatro partições padrão. Normalmente, essas partições padrão são chamadas de partições primárias. Para saber como criar mais partições além desse limite, veja Configurar mais de quatro partições em um disco rígido baseado em BIOS/MBR.

Requisitos de partição do Windows:

  • Partição do sistema

    Cada unidade inicializável deve conter uma partição do sistema. A partição do sistema deve ser configurada como a partição ativa.

    O tamanho mínimo dessa partição é de 100 MB.

  • Partição do Windows
    • Essa partição deve ter pelo menos 20 GB de espaço na unidade para as versões de 64 bits, ou 16 GB para as versões de 32 bits.
    • Essa partição deve ser formatada usando o formato de arquivo NTFS.
    • Essa partição deve ter 10 GB de espaço livre depois que o usuário concluir a tela de apresentação.
    • Essa partição pode ter no máximo 2 TB de espaço. Não são permitidas ferramentas de software para estender o espaço da partição visível além de 2 TB no BIOS, porque elas podem interferir nas soluções de software para compatibilidade e recuperação de aplicativos.
  • Partição de ferramentas de recuperação

    A imagem das ferramentas do Windows RE (Ambiente de Recuperação do Windows) (winre.wim) deve estar em uma partição diferente da partição do Windows para permitir o failover automático e as partições de inicialização criptografadas com a Criptografia de Unidade de Disco Windows BitLocker.

    Embora essa imagem possa ser incluída na mesma partição que a partição do sistema, recomendamos colocar essa partição em uma partição separada, imediatamente após a partição do Windows. Assim, o Windows pode mudar e recriar a partição mais tarde, se as atualizações futuras precisarem de uma imagem de recuperação maior.

    Essa partição deve ter espaço suficiente para a imagem de ferramentas do Ambiente de Recuperação do Windows (winre.wim, em geral, entre 250-300 MB, dependendo do idioma base e das personalizações adicionadas), além de espaço livre suficiente para que a partição possa ser capturada pelo utilitários de backup:

    • Se a partição tem menos de 500 MB, deve ter pelo menos 50 MB de espaço livre.
    • Se a partição tem 500 MB ou mais, deve ter pelo menos 320 MB de espaço livre.
    • Se a partição é maior que 1 GB, nós recomendamos que ela tenha pelo menos 1 GB de espaço livre.
    • Ela deve ter pelo menos 320 MB de espaço livre.
    • Nós recomendamos que ela tenha pelo menos 1 GB de espaço livre.
  • Partições de dados

    O layout de partição recomendado para o Windows 10 não inclui partições de utilitários ou dados.

    No entanto, se as partições de utilitários ou dados forem necessárias, devem ser colocadas antes da partição do Windows ou após a partição do Windows RE. Ao manter as partições do Windows e de recuperação juntas, quando houver atualizações futuras do Windows RE disponíveis, o Windows poderá ampliar a partição do Windows RE, reduzindo a partição do Windows.

    Esse layout torna mais difícil para os usuários finais remover a partição de dados e mesclar o espaço na partição do Windows. Por exemplo, talvez seja necessário mover a partição do Windows RE para o final do espaço não usado recuperado da partição de dados para que a partição do Windows pode ser estendida. O Windows 10 não inclui funcionalidades ou utilitários para facilitar esse processo. No entanto, os fabricantes podem desenvolver e forneça esse utilitário, caso os computadores sejam fornecidos com partições de dados.

    Cada partição pode ter no máximo 2 TB de espaço.

    Se você vai adicionar mais de quatro partições ao disco no total, veja Configurar mais de quatro partições em um disco rígido baseado em BIOS/MBR para saber mais.

Layout de partição

Se você instalar o Windows usando uma chave USB inicializável feita pelo Windows ICD (Designer de Configuração e Imagens do Windows), por padrão, ele criará este layout: uma partição do sistema, uma partição do Windows e uma partição de ferramentas de recuperação.

Diagrama do layout de partição padrão: sistema, Windows e recuperação

Partições do sistema e de utilitários

Por padrão, as partições do sistema não aparecem no Explorador de Arquivos. Isso evita que os usuários finais modifiquem uma partição acidentalmente.

Dn898504.wedge(pt-br,VS.85).gifPara definir partições como partições de utilitários

  1. A implantar o Windows usando o Windows ICD, o tipo de partição é definido automaticamente.
  2. Ao implantar o Windows usando o a ferramenta DiskPart, use o comando set id=27 depois de criar a partição.

Dn898504.wedge(pt-br,VS.85).gifPara verificar se as partições do sistema e de utilitários existem

  1. Clique em Iniciar, clique com o botão direito do mouse em Este Computador e clique em Gerenciar. A janela Gerenciamento do Computador é aberta.
  2. Clique em Gerenciamento de Disco. É exibida a lista de unidades e partições disponíveis.
  3. Confirme se as partições do sistema e de utilitário estão na lista de unidades e partições sem nenhuma letra de unidade atribuída.

Arquivos de exemplo: configurando o layout de disco usando o Windows PE e scripts DiskPart

Para implantações baseadas em imagem, inicialize o computador no Windows PE e use a ferramenta DiskPart para criar as estruturas de partição nos computadores de destino.

Observação  

Nesses exemplos de DiskPart, as partições recebem as letras: Sistema=S, Windows=W e Recuperação=R.

Recomendamos mudar a letra de unidade do Windows para uma letra mais próxima do fim do alfabeto, como W, para evitar conflitos de letra de unidade. Não use X, porque essa letra de unidade é reservada ao Windows PE. Depois que o dispositivo é reiniciado, a partição do Windows recebe a letra C, e as outras partições não recebem letras de unidade.

Se você reiniciar, o Windows PE reatribui letras de disco em ordem alfabética, começando com a letra C, sem considerar a configuração de instalação do Windows. Essa configuração pode mudar de acordo com a presença de unidades diferentes, como pen drives.

 

As etapas a seguir descrevem como particionar seus discos rígidos e preparar a aplicação de imagens. Você pode usar o código nas seções a seguir para executar essas etapas.

Dn898504.wedge(pt-br,VS.85).gifPara particionar discos rígidos e preparar a aplicação de imagens

  1. Salve o código a seguir como um arquivo de texto (CreatePartitions-BIOS.txt) em um pen drive.
     
     
    rem == CreatePartitions-BIOS.txt ==
    rem == These commands are used with DiskPart to
    rem    create three partitions
    rem    for a BIOS/MBR-based computer.
    rem    Adjust the partition sizes to fill the drive
    rem    as necessary. ==
    select disk 0
    clean
    rem == 1. System partition ======================
    create partition primary size=100
    format quick fs=ntfs label="System"
    assign letter="S"
    active
    rem == 2. Windows partition =====================
    rem ==    a. Create the Windows partition =======
    create partition primary
    rem ==    b. Create space for the recovery tools  
    shrink minimum=500
    rem       ** NOTE: Update this size to match the
    rem                size of the recovery tools 
    rem                (winre.wim)                 **
    rem ==    c. Prepare the Windows partition ====== 
    format quick fs=ntfs label="Windows"
    assign letter="W"
    rem == 3. Recovery tools partition ==============
    create partition primary
    format quick fs=ntfs label="Recovery"
    assign letter="R"
    set id=27
    list volume
    exit
    
  2. Use o Windows PE para iniciar o computador de destino.
  3. Limpe e particione a unidade. Neste exemplo, F é a letra do pen drive.
     
     
    DiskPart /s F:\CreatePartitions-BIOS.txt
    
  4. Se estiver usando um layout de partição personalizado no Windows 10 para edições de área de trabalho, atualize o script de recuperação rápida para que as ferramentas de recuperação possam recriar o layout de partição personalizado quando necessário.

Próximas etapas

Usar um script de implantação para aplicar as imagens do Windows em partições recém-criadas. Para saber mais, veja Capturar e aplicar as partições do Windows, do sistema e de recuperação.


Contador de Visitas

949931
Hoje
Ontem
This Week
Last Week
This Month
Last Month
Todos os dias
329
1649
1978
935077
8952
70579
949931

Your IP: 3.233.220.21
2020-04-06 05:28